terça-feira, 10 de novembro de 2009

Cada dia me surpreendo mais com as pessoas a minha volta


"Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do início ao fim... ♥"
(Índios, Legião Urbana)

Depois explico o por que dos versos acima.
Meu pai está dormindo e minha mãe já foi trabalhar. E será assim o resto da semana. Ficarei sozinha em casa... ¬¬'
Aaaai odeio mulher! Mulher? Por que a grande maioria tem que ser sensível, romântica e sonhadora? AAaaagh! Por que eu faço parte dessa maioria? Por que acreditamos que ele vai ligar no dia seguinte? Odeio, odeio, odeio!
Argh. O que mais me irrita é eu ficar pensando nisso o tempo todo. Por que não penso em mim? Em coisas mais... sei lá!!! Por que me preocupo tanto com essas coisas? Acho que preciso de um psicólogo. Acho vírgula! Tenho certeza! INFERNO!
Mas ok... Não vim falar de hoje nesse post, vim falar de ontem.
Ontem a Lúh me ligou. Eu comentei sobre o Gabriel com ela e a resposta foi: por favor não toque mais nesse assunto. Fiquei sem entender NADA.
Minha mãe acabou ouvindo um pouco a conversa e foi me perguntar do que se tratava (minha mãe SEMPRE faz isso e eu odeio essa atitude dela). Eu contei tudo, abri o jogo, falei tudo que tinha acontecido na festa, tudo meeeesmo. E esperando que ela ia dizer: "ai, voces hoje em dia são tão galinhas, etc, etc, etc". E ela disse:
- E o César?
Expliquei que não estava tendo relacionamento sério com ele, etc, etc, etc... E que estava muito, muito, muito confusa, e mais uma vez esperando ela me xingar... Ela simplesmente ri e diz: "por que a Lúh ficou assim será? Vocês dois não são amigos dela? Pensei que ela ficaria feliz."
O que estava havendo? Por que minha mãe não me xingou nem reclamou?... Aquilo estava estranho e maravilhoso ao mesmo tempo. Hehehe.
Depois conversei com a Lúh no msn e li coisas das quais não imaginava que iria vir dela:
"pode paracer idiotice minha, pra começar eu nem ia te dizer isso via msn, ia escrever no blog... Mas... como o povo do trabalho sumiu, eu resolvi falar agora! Bom, houve uma hora que estava só eu e o Gabriel no quarto e ele me disse que vc era bonita, legal e inteligente e que tinha gostado de você. É claro que eu encarei isso como uma brincadeira e jamais imaginei que você ficaria com ele. Justamente pelo fato de vocês nem se conhecerem... aí vocês começaram a se (literalmente) excluir do povo, tanto que foram pro quarto..
Mas... cara, a festa era minha (e eu sou um pouco egoísta e egocêntrica) e eu queria todo mundo ali, na sala, conversando. Logo tirei vocês do quarto. Por dentro eu estava morrendo de ciúme (não ria). E, acho que jamais ia rolar um "nós três" ou um "nós quatro"... seja lá com quem for, porque eu morro de ciúme... E o que me deixou imensamente indgnada foi a facilidade que ele teve pra ficar com você. A Rose aquela hora tinha razão, você foi muito fácil.. Eu sinceramente esperava mais... mas, tudo bem, a vida é sua e vc faz dela o que vc quiser..."

Fui uma puta decepção sim. Não esperava isso dela não. Continuo com a mesma opinião; se for pensar primeiro na imagem que eu vou causar pra depois fazer o que quero, eu não vou fazer mais nada! Se eu for ligar pra opinião dos outros eu vou deixar de ser feliz, vou deixar de fazer o que eu quero. E o que EU quero é o mais importante.
Eu fui numa festa legal, conheci uma pessoa legal e fiquei com ela. Acho que a Lúh precisa ler mais livros de sociologia, entender mais sobre interação social, psicologia social etc. Qual o problema em conhecer uma pessoa numa festa e ficar com ela? Bom, eu não vou ficar perdendo meu tempo me defendendo visto que sei que estou certa. Quando estou errada eu assumo.
Falei tudo pra minha mãe e ela também não entendeu. Minha mãe quando diz que estou errada me xinga até o dia amanhecer, mas quando estou certa ela me defende como ninguém! Ela me defendeu muitoooo! Cara, ela dizia:
- Se fosse eu que falasse que não foi legal você ficar com ele tudo bem, mas essa meninas jovens que vivem nesse mundo falar isso... Logo ela que parece ser uma menina tão extrovertida falar isso de você. Não entendi isso e não vi problema nenhum voce ficar com o menino. E essa tal de Rose? Quem ela pensa que é pra te julgar sem nem ao menos te conhecer?
E foi por aí... Minha mãe é simplesmente a melhor mãe do mundo! Eu tenho que admitir que ninguém me entende e me aconselha como ela. Fiquei muito abismada com isso tudo. De um lado a Lúh falou coisas totalmente intolerantes e até infantil (me surpreendeu ao extremo) e minha mãe falou coisas totalmente confortantes e maduras (me surpreendeu ao extremo²). O que está havendo com esse povo? Eu hein!
Mas sério mesmo, ela foi super intolerante; o cara que nunca tinha me visto antes se preocupou com o fato de eu ficar sozinha à noite na Radial naquela chuva esperando o ônibus e foi comigo até lá e ainda por cima me fez ir de metrô. E quando eu contei tudo isso a ela, ela mal escutou... Simplesmente agiu como se não tivesse problema nenhum eu ficar até mais tarde na casa dela (eu saí de lá às 20hs) e depois ficar sozinha na Radial, aliás... ela nem deve ter se preocupado nem pensado nisso, mesmo por que quando eu falei uns dias antes: "não posso ficar até tarde na sua casa, é perigoso" ela respondeu: "entra no ônibus e vai embora, que perigo tem nisso?"... Tipo, mal se preocupou. E o Gabriel que eu mal conhecia se preocupou com isso, eu contei isso a minha mãe e ela me deu mais razão ainda.

Bom, é isso. Queria ligar o FODA-SE novamente mas não estou conseguindo. Acho que por hoje é só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário